Poemas que gosto, poemas que nem gosto, mas que vem brincar por aqui por acaso...

Poema ao acaso

Ocorreu um erro neste gadget

12 abril, 2007

História de doido


Ler História de doido
é interessante.

Fez-me lembrar dos "loucos" da minha época na USP na década de 80. Um deles chamava-se Piauí e circulava no prédio de Ciências Sociais. Andava falando o tempo todo, com um discurso bem elaborado, mas sem se dirigir às pessoas. Dizia-se que tinha sido perseguido na época da ditadura e tinha ficado desse jeito. Haviam muitos outros que frequentavam a universidade, moravam nas residências estudantis e são lembrados até hoje nas comunidades do Orkut. Mais inesquecíveis do que alguns professores ou as próprias disciplinas.
Uma amiga antropóloga fez uma tese interessante sobre o Juqueri.
E eu adoro músicas sobre loucura - há diversos "clássicos". Enfim, como disse uma das pessoas que comentou o post, é fascinante.

2 comentários:

Tatiana disse...

Cintia,

comenta no seu tetxo sobre uma amiga antropóloga que escreveu uma tese sobre o Juquery... tem o nome completo dela? Em que instituição fez a pesquisa? De mestrado, doutorado?? Estou desenvolvendo pesquisa nesta área e esta bibliografia me interessaria.
Se puder, por favor enviar a resposta para tati_goncalves@uol.com.br

grata,
Tatiana.

Cíntia disse...

Tatiana,
Trata-se de Cristina Pozzi Redko, que na época era da USP, mas continuou ses estudos no Canadá onde reside até hoje.
Enviarei um e-mail para você.
Abs

O novo Ano Novo...