Poemas que gosto, poemas que nem gosto, mas que vem brincar por aqui por acaso...

Poema ao acaso

12 abril, 2007

História de doido


Ler História de doido
é interessante.

Fez-me lembrar dos "loucos" da minha época na USP na década de 80. Um deles chamava-se Piauí e circulava no prédio de Ciências Sociais. Andava falando o tempo todo, com um discurso bem elaborado, mas sem se dirigir às pessoas. Dizia-se que tinha sido perseguido na época da ditadura e tinha ficado desse jeito. Haviam muitos outros que frequentavam a universidade, moravam nas residências estudantis e são lembrados até hoje nas comunidades do Orkut. Mais inesquecíveis do que alguns professores ou as próprias disciplinas.
Uma amiga antropóloga fez uma tese interessante sobre o Juqueri.
E eu adoro músicas sobre loucura - há diversos "clássicos". Enfim, como disse uma das pessoas que comentou o post, é fascinante.

2 comentários:

Tatiana disse...

Cintia,

comenta no seu tetxo sobre uma amiga antropóloga que escreveu uma tese sobre o Juquery... tem o nome completo dela? Em que instituição fez a pesquisa? De mestrado, doutorado?? Estou desenvolvendo pesquisa nesta área e esta bibliografia me interessaria.
Se puder, por favor enviar a resposta para tati_goncalves@uol.com.br

grata,
Tatiana.

Cíntia disse...

Tatiana,
Trata-se de Cristina Pozzi Redko, que na época era da USP, mas continuou ses estudos no Canadá onde reside até hoje.
Enviarei um e-mail para você.
Abs

O novo Ano Novo...